Equilíbrio

Tão difícil de te encontrar

Você sempre por toda parte

E ao mesmo tempo em nenhum lugar

Te chamando, eu grito

Sussurro, insisto

Mas você vai e volta

Sem nem sair do lugar

Um pouco de ti é necessário

Mas seu excesso me causa inércia

Me entende: eu necessito de movimento

Terremotos quando preciso

Leves tremores sempre que possível

Meu mundo continua girando

Todos os dias

Com ou sem você

Não existe vida sem ação

Nem batimentos sem cimas e baixos

Mas me deixa chegar mais perto

Sentir nem que por um segundo

O que é te ter correndo sobre a pele

Sua presença como ar nos pulmões

Me permite por alguns instantes

Um pouco dessa sua plenitude

Um pouco dessa sua calmaria

Um pouco da totalidade que é te ter

Quero me juntar a você e construir

O que amanhã poderei chamar

De uma vida equilibrada

Saudável, plena

E feliz

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s